O diabo quer destruir a paternidade e isso tem se tornado cada vez mais evidente - Altair Fonseca
O diabo quer destruir a paternidade
Inspirações e conselhos

O diabo quer destruir a paternidade e isso tem se tornado cada vez mais evidente

O diabo quer destruir a paternidade e isso vai se tornando cada vez mais evidente pelos ataques que sofrem aqueles que deveriam ser sinal de proteção e amor nos lares. São tentações, provocações e humilhações ao ponto de nos depararmos com homens fragilizados e machucados pelo pecado. A violência, os vícios e a vida sem sentido de muitos deles é sinal claro de que estão sucumbindo diante desses ataques de Satanás. Mas como reverter esse quadro e qual é o lugar do homem na criação de Deus? Vamos refletir com o auxílio de um sacerdote que teve a coragem de falar sobre isso em suas redes sociais.

Veja também:

O diabo quer destruir a paternidade

O padre americano Kyle Walterscheid afirmou em sua rede social que o diabo quer destruir a paternidade. A atitude do padre é corajosa, já que percebemos diversos grupos defendendo muitas bandeiras e a maioria delas ataca a masculinidade. Afinal, o orgulho de ser homem corajoso, que defende seu lar e dá a vida pela sua família parece ofender muita gente. Por que tantas forças querem estimular o contrário do que Deus pediu?

O diabo quer destruir a paternidade
O diabo quer destruir a paternidade

Pe. Kyle fez um convite a todos os homens: esforçar-se ao máximo para exercer com excelência a paternidade para a qual foram chamados por Deus, seja no tocante à família, seja em relação à comunidade.

O sacerdote recordou os Padres do Deserto, nos primórdios do cristianismo, e afirmou que deles a Igreja recebeu a consolidação de três grandes dons enraizados nas Sagradas Escrituras:

  • a base para as orações oficiais da Igreja (Ofício Divino)
  • a base para a meditação da Palavra (Lectio Divina)
  • a base para a oração contemplativa.

A paternidade exercida pelos Padres do Deserto forneceu recursos espirituais para os filhos da Igreja. Essa paternidade espiritual pode e deve ser continuada não somente pelos padres, mas por todos os homens, em especial pelos que são pais de família e por aqueles que exercem autoridade e influência sobre outras pessoas: todos devem nutrir também o espírito de quem foi confiado à sua responsabilidade.

Celebremos e honremos a paternidade

Não é só no dia dos pais que devemos lembrar e honrar essa função exclusivamente masculina. Deus quis assim e devemos defender a responsabilidade, a autoridade e o respeito que esses homens merecem. Padre Kyle Walterscheid nos chama a meditar sobre a belíssima dimensão espiritual da paternidade:

Celebremos e honremos a paternidade
Celebremos e honremos a paternidade

Pe. Kyle também recordou uma carta pastoral do bispo dom Olmsted, de Phoenix, no Arizona, segundo a qual todo homem tem o inato dom divino de ser pai, inclusive os que ainda não são e os que nunca vierem a ser pais biológicos. Todo homem pode e deve exercer impacto positivo, orientador e inspirador sobre as crianças, adolescentes e jovens, testemunhando-lhes com a vida prática os valores e as virtudes de um homem cabal, sobretudo numa sociedade que se desmancha e que tenta destruir as virtudes da paternidade entre os homens.

Rezemos pela masculinidade como Deus sonhou, com amor, respeito às mulheres e crianças, responsabilidade, entrega e fé. Compartilhe este conteúdo com os homens que você conhece!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *