Santa Teresa d'Ávila nos diz que rezar não é só "mexer os lábios" - Altair Fonseca
Santa Teresa d'Ávila
Inspirações e conselhos

Santa Teresa d’Ávila nos diz que rezar não é só “mexer os lábios”

Santa Teresa d’Ávila foi uma mulher de temperamento ardente e o seu amor por Deus também foi vivido de maneira intensa. Em suas obras, percebemos um coração abrasado de amor e uma vontade forte de buscar as coisas do alto. A Igreja celebra esta santa todos os anos no dia 15 de outubro, e hoje vamos ter contato com um de ser inúmeros ensinamentos.

Veja também:

Santa Teresa d’Ávila nos diz que não podemos rezar de qualquer jeito

Não podemos rezar de qualquer jeito
Não podemos rezar de qualquer jeito

Vejamos apenas uma das várias coisas que a santa nos diz sobre a oração. A seguir, Santa Teresa fala sobre aqueles que rezam de qualquer maneira, apenas repetindo palavras de maneira mecânica:

Não chamo oração aquilo em que não se percebe com quem se fala, e o que se pede, nem quem pede e a quem; por mais que meneiem os lábios, não se trata de oração (…) Mas o costume de falar com a Majestade de Deus como se falaria a um escravo, sequer reparando no que se diz, mas apenas repetindo o que se decorou ou se disse muitas vezes, não o tenho por oração. Praza a Deus que nenhum cristão ore dessa maneira”.

Meditando sobre o texto

Ao ler essas palavras cheias de verdade, penso em quantas vezes ainda hoje eu me distraio na oração e penso mais nos meus problemas do que em Deus. Isso já aconteceu com você? Tentar rezar mas acabar apenas repetindo palavras de maneira mecânica, como se o Senhor fosse apenas um qualquer. Se damos tanta atenção para o celular, a TV ou outras distrações inúteis, porque não conseguimos dedicar tempo de qualidade a Deus?

Que possamos refletir e entregar sinceramente o nosso coração cheio de inquietações ao nosso Deus de amor, que nos acolhe com infinita misericórdia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *